< voltar
21.07.2022 | Cuidados

Pets no inverno: principais cuidados

como cuidar dos pets no inverno

O que fazer e como cuidar dos pets no inverno.

A queda da temperatura pode afetar nossos animais de estimação, mesmo os mais peludos. Além do desconforto, eles também ficam mais suscetíveis a doenças. Por isso, é muito importante ter cuidados redobrados com seu pet durante esse período. Continue lendo para saber quais. 

Cães e gatos sentem frio? 

Os animais de estimação sentem o mesmo que nós, humanos, em relação às mudanças de temperatura, mas isso varia de acordo com a raça e o ambiente. 

Os cães costumam ter temperatura corporal entre 37,8 e 39,2 °C e, em casos de temperaturas mais baixas, procuram maneiras de se aquecer, como deitar encolhidos ou junto com outros animais de estimação. 

Leia também: 3 doenças mais comuns em cachorros no inverno

Quanto mais pelo um cão ou gato tiver, melhor será sua proteção contra o frio. O pelo serve como um isolante térmico, ou seja, mantém a temperatura corporal do seu pet.

Animais de pelos longos e espessos, como o Husky Siberiano, Samoieda, Chow Chow e São Bernardo, lidam melhor com temperaturas mais frias. Por outro lado, cães e gatos com pouco ou nenhum pelo requerem atenção especial no inverno. 

Filhotes e pets idosos também precisam de cuidados extras em dias gelados, com mais cobertores e mantas, pois têm mais dificuldade em manter a temperatura corporal e, portanto, são mais sensíveis em temperaturas ambientais mais baixas, podendo levá-los a quadros de queda de imunidade, deixando-os mais suscetíveis a doenças. 

Leia também: Descubra quais são as 4 doenças mais comuns em gatos no inverno

Como cuidar dos pets no inverno 

1) Banho e tosa 

Reduza a frequência de banhos e seque bem seu animal de estimação. Além disso, não faça a tosa desnecessariamente, pois o pelo ajuda na proteção térmica em casos de temperaturas mais baixas. 

2) Alimentação 

Uma alimentação balanceada é essencial para ajudar os cães a manterem a temperatura corporal em dias frios. 

3) Estimule o seu cão 

Manter uma rotina diária saudável é essencial, com atividades que estimulem os sentidos e deixem o pet relaxado. 

4) Uso de roupinha 

Desde que o seu cão ou gato se sinta bem e confortável, a roupinha é uma boa alternativa para mantê-los aquecidos. Evite aqueles que restrinjam seus movimentos e apertem no pescoço. Escolha um que cubra as costas do animal. 

5) Aqueça a caminha 

Coloque cobertores e mantas macias na cama do seu melhor amigo e mantenha a casinha longe de ambientes com muito vento. 

6) Mantenha a vacinação em dia 

Os cães e gatos são mais propensos a doenças respiratórias durante o inverno, por isso é importante manter a vacinação do seu pet em dia. 

Fique atento aos sinais

Observe os seguintes sinais que podem indicar se o cão ou gato está com frio: 

  • Deitar enrolado/encolhido; 
  • Tremor;
  • Não sair da casinha/caminha; 
  • Ficar em cima de tapetes; 
  • Ficar junto de outros animais ou pessoas. 

O que achou das nossas dicas? Continue acompanhando o blog da Organnact para mais conteúdos de cuidados com os pets.

CATEGORIAS DO BLOG
PESQUISAR
ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

    Veja Também