Blog PET

< voltar
07.07.2020 | Mundo Pet

Por que cães têm medo de fogos de artifício?

Todo tutor passa por esse problema e sabe que os fogos de artifício podem ser verdadeiros vilões. Saiba o que fazer para acalmar seu amigo

Sempre que chegamos a determinadas épocas do ano, como o réveillon ou em junho e julho, quando ocorrem as festas juninas e julinas, os tutores de cães enfrentam sempre o mesmo problema: os fogos de artifício. Esses artefatos causam um estresse enorme no cachorro, podendo levar até mesmo a problemas como convulsões, vômito e desmaio.

Mas por que os fogos dão tanto problema assim para nossos amigos?

Sensibilidade aguçada

Cães possuem uma audição muito mais potente do que a nossa. Barulhos muito altos, como os dos fogos de artifício, fazem com que o animal fique agitado, estressado e até traumatizado. O problema pode persistir por dias, dependendo do nível de estresse causado.

Os pets podem encarar o barulho repentino como uma ameaça, por isso podem se assustar e procurar se esconder ou ficar agressivos.

Para ajudar a diminuir o sofrimento do seu amigo, aqui estão algumas dicas para minimizar o problema:

  • Nunca deixe o cão sozinho nos momentos em que sabe que  ouvirá fogos – a solidão pode deixá-los com mais medo ainda;
  • Se possível, fique com ele em um local que abafe ao máximo os barulhos externos. Se não conseguir, ligue a TV ou algum outro barulho familiar. Agir naturalmente ajuda a diminuir a sensação de que algo está errado;
  • Não reprima o animal por seu medo. Ao invés disso, deixe que ele se esconda se ele quiser e não tente forçá-lo a nada;
  • Procure um veterinário para conversar a respeito de produtos que podem ajudar a acalmar o animal nos momentos de estresse.

CATEGORIAS DO BLOG
PESQUISAR
ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Veja Também