Blog PET

< voltar
30.12.2020 | Cuidados

Como o calor afeta a saúde dos pets?

O verão é o momento ideal para seu pet gastar toda a energia acumulada, mas o calor pode ser perigoso se alguns cuidados não forem tomados

Verão é tempo de aproveitar o calor para curtir o dia, e isso vale também para os pets. Eles também adoram um solzinho e gostam de se divertir bastante nessa época do ano. Porém,  assim como acontece com os humanos, os pets também precisam de cuidados especiais para não sofrerem com o calor excessivo. Todo cuidado é pouco para mantê-los saudáveis, não é mesmo?

Veja abaixo algumas dicas que o Blog da Organnact separou para ajudar você a cuidar dos seus melhores amigos durante o verão:

Hidratação é a palavra de ordem

Em dias quentes, forneça água constantemente para o animal, independentemente se vocês estiverem  dentro de casa ou em algum passeio. Eles também precisam se hidratar constantemente quando o calor está muito forte. Uma opção em dias muito quentes é fazer picolés próprios para eles, o que ajuda muito a refrescar.

Preste atenção na umidade

Além do calor, outro problema para os pets durante o verão é a umidade do ar. Quando o cão está arfando depois de correr, por exemplo, seu corpo está se livrando da umidade em seus pulmões,  o que ajuda a diminuir a temperatura de seu corpo. Se o ambiente está muito úmido, este processo é prejudicado, fazendo com que o corpo do animal esquente.

A temperatura de um cachorro varia entre 38ºC e 39ºC, independentemente da raça. Se ela estiver acima disso, é sinal de que algo está errado.

Exercícios moderados e na sombra

Se o seu amigo gosta de correr e pular, não importa quanto calor esteja, tente fazer isso de maneira moderada, e de preferência na sombra e em horários com temperatura mais amenas, como de manhã cedo. Nesses períodos fora de casa, evite ao máximo andar com ele no asfalto ou na calçada, dando sempre preferência para passeios na grama.

Atenção à insolação

Se o seu cão der sinais de insolação, como respiração ofegante, olhos vidrados, batimento cardíaco acelerado, dificuldade para respirar, sede excessiva, tontura, falta de coordenação, entre outros, há alguns passos a seguir para ajudá-lo a se sentir melhor: 

  • Coloque-o na sombra ou em uma área com ar-condicionado (ventiladores não funcionam tão bem para refrescar os pets). 
  • Aplique compressas de gelo ou toalhas frias na cabeça, pescoço e tórax ou passe água fresca, mas não gelada, sobre eles.
  • Deixe-os beber pequenas quantidades de água ou lamber cubos de gelo. 
  • Leve-o ao veterinário.
CATEGORIAS DO BLOG
PESQUISAR
ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Veja Também

;