Blog PET

< voltar
24.02.2021 | Cuidados

5 dicas para cuidar de cães idosos

Seu pet está chegando na terceira idade? Conheça os principais cuidados para essa nova fase. 

Por mais que todos os cuidados sejam tomados, uma coisa que não podemos evitar é o envelhecimento dos animais. Geralmente, os cães levam de 7 a 10 anos, dependendo da raça e porte, para atingir essa nova fase que pode transparecer de diversas formas: desde o embranquecimento dos pelos à diminuição da energia para atividades antes comuns.  

Para garantir que seu cão idoso viva uma rotina saudável e feliz, confira o material que a Organnact preparou para você! 

1.Escolha um veterinário de confiança

Assim como os humanos, cães devem contar com a avaliação médica periodicamente, garantindo a prevenção e o tratamento precoce de doenças.  

Esse cuidado deve ser levado à risca quando tratamos de cães idosos, que devem ser consultados por veterinários a cada seis meses ou menos.  

2.Cuidados com a alimentação 

Escolher os alimentos apropriados para a idade do seu cachorro é essencial para a manutenção da qualidade de vida. Com a mudança no ritmo de digestão e da absorção de nutrientes, a alimentação errada pode causar ganho excessivo de peso, além de não suprir as necessidades nutricionais do animal.  

Verifique com o veterinário qual ração é a mais apropriada e invista sempre em opções de qualidade. Outra opção que irá contribuir para o bem-estar do seu cão são os palitos funcionais da Organnact. Geriatric Palitos, por exemplo, é uma excelente alternativa. O petisco funcional contém probióticos, prebióticos e componentes que auxiliam no processo de envelhecimento, apoiando seu melhor amigo nessa importante fase da vida e na manutenção dos sistemas vitais que ajudam a minimizar efeitos negativos do envelhecimento. 

3.Atenção à socialização  

A velhice pode causar a mudança no comportamento de diversos cães. Animais que antes adoravam socializar e brincar com outros pets, agora podem evitar este contato.  

A convivência forçada com animais mais jovens ou mais agitados pode causar estresse e cansaço. Por isso, fique atento ao comportamento do seu cão idoso durante a socialização e não force novas amizades.  

4.Ambientes adaptados 

Uma das principais mudanças notadas com a chegada da idade para cães é a diminuição na mobilidade. Por isso, é importante adaptar o ambiente onde o animal passa o tempo para evitar eventuais acidentes. Mantenha o acesso à água, comida e cama sempre facilitados e sem obstáculos. 

Cães idosos com problemas de visão também exigem um cuidado especial. Se esse for o caso do seu pet, retire qualquer móvel ou objeto que ofereça perigo e impeça o acesso a piscinas ou terrenos desnivelados. 

5.Carinho e dedicação 

Se o seu cão está chegando à terceira idade, isso provavelmente significa que vocês contam com uma longa história juntos. Portanto, tenha em mente que esse é o momento para você dedicar muito amor e cuidado ao pet que sempre esteve ao seu lado. 

Seja paciente quando o animal estiver genioso, auxilie-o e encontre maneiras de facilitar as suas tarefas diárias, como novas rotas de passeio e brincadeiras mais tranquilas.  

Para saber mais dicas de cuidados com os pets, continue acessando o blog da Organnact e confira os materiais especiais que preparamos para você! 

CATEGORIAS DO BLOG
PESQUISAR
ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Veja Também